Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


03
Mai19

Fragmento

por Pântano

Os cães ladram. Continuam a ladrar. Um carro passa. Ladram mais alto. Duas pessoas conversam no portão. Não. Falam da vida de alguém. Conseguem ouvir? Talvez ouvir não interesse. Apenas falar. Alguém tem o som da televisão alto. Ouço o que diz. A minha gata começou a miar. Lá fora os pássaros cantam. Tento escrever um haiku. Não consigo. Tanto ruído. Sou sensível, demasiado, ao ruído. Encolho-me. Sinto a cara a contorcer-se. Levo a mão à testa. Esfrego os olhos. Respiro. Incomoda-me tanto. Por quê? Ouvido apurado? É como se fossem facas a entrar no ouvido. Em criança era igual. Pior. Os foguetes odiava. Balões. Música! O silêncio era meu amigo. Ainda é mas é difícil encontra-lo. Os cães continuam a ladrar, a televisão a berrar, as pessoas a falar. Mas a gata calou-se.

 

Fim

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Comigo resulta. Quando sinto a mente a entupir de pensamentos, eu tenho de parar, respirar e aquietar a mente porque senão vai tudo abaixo. Perco o foco, disperso, deixo de ser produtiva e estou a magoar-me a mim mesma.

 Acho mais benéfico meditar um minuto apenas, do que forçar a mente a permanecer quieta durante vinte ou trinta minutos. Parece pouco tempo, mas de facto, o tempo é relativo e neste caso, menos pode ser mais. Eu criei um hábito. Sempre que preciso, faço esta pausa, onde quer que esteja. Não precisamos de ter os olhos fechados, podemos tê-los abertos e estar concentrados apenas na respiração e assim, usar esta ferramenta em público. Na fila do super mercado, no trabalho, no trânsito, sem que as pessoas olhem para nós e pensem que estamos "malucos".

 Deixo-vos este vídeo com uma curta meditação guiada de um minuto que fiz (eu sei que vai soar lamechas) com muito amor e carinho, sempre na esperança de ajudar alguém a sossegar o turbilhão da mente.

 Mente aberta e experimentem :)

P.S Obrigada à equipa sapo pelo destaque, fiquei muito contente!

 

Fim

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

05
Nov18

Mentes agitadas

por Pântano

 

  Eu tenho uma mente agitada, confesso. Tenho muitas ideias e quero fazer tudo ao mesmo tempo e depois por querer fazer tudo não faço nada ou faço com menos qualidade. A mente consegue ser um furacão de pensamentos. Nova informação constantemente a entrar, estimulo aqui e além. Faz isto e aquilo, corre! É importante dar um descanso à mente. Limpá-la de todo o nevoeiro que nos impede de pensar com clareza e deitar fora os pensamentos que já não nos servem. A mim faz-me bem meditar, por isso partilho este vídeo que fiz para o meu canal no youtube na esperança de poder ajudar mais algumas mentes agitadas como a minha. Bom começo de semana para todos!

Fim

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

Aviso

Não consigo responder às mensagens. Se pretenderem uma resposta, comentem nos "comentários" dentro da publicação. Obrigada por acompanharem este blog!



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2019
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2018
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ