Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



09
Abr18

O lado selvagem

por Pântano

 Muitos são os livros, séries e filmes que retratam um retrocesso da sociedade. Ou seja, a realidade vira do avesso e o que dávamos por garantido, já não o é. A sociedade deixa de existir como se conhecia. Muitas vezes, na ficção, o que provoca o caos pode ser um apocalipse zoombie ou alienígena, uma doença que devastou o mundo, uma grande guerra, entre muitas outras razões. Simplesmente algo travou a nossa evolução, e o dia a dia do ser humano passa a ser ocupado com a difícil tarefa de sobreviver num cenário mais devastador. A questão aqui é, independentemente da causa da devastação: quando tempo demoraríamos a libertar o nosso lado selvagem? De certa forma, uma sociedade é formada por um conjunto de pessoas que aceitam um determinado sistema e regras de forma a viver-se com alguma dose de harmonia. Quem não aceita as regras, é punido. Numa realidade onde tudo vai abaixo de forma extrema, onde deixa de existir um\a líder, política, saúde, educação, comida e tudo o que define uma sociedade minimamente estável, surge desordem. As pessoas deixam de se sentirem seguras, não há confiança no próximo e instala-se a regra do cada um por si. A violência começa a ser frequente, os roubos e o bom senso é substituído pelo medo. Talvez muitos, os que não se identifiquem com os atuais sistemas, encontrassem um caminho na desordem. Na ficção, por vezes, as personagens tornam-se rapidamente violentas como se nada fosse e começam a matar outras pessoas como se fosse o mesmo que partir um galho. Esta ideia é curiosa, porque apesar de sermos educados de certa maneira, quando a realidade muda, vemo-nos capazes do inimaginável. As crianças que crescem nessa realidade, adaptam-se a ela mas e os que foram educados na realidade passada? Seriam capazes de matar, roubar, enganar, mentir e tudo aquilo que é punível numa sociedade evoluída? No fundo, todos temos esse lado selvagem à flor da pele, embora adormecido, se necessário, provavelmente despertaria para nos manter vivos.        

 

Fim

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De P. P. a 09.04.2018 às 18:50

A história repete-se, tal como as nossas inseguranças e incertezas. Somo mais frágeis do que aparentamos, ou pelo menos do que muitos se julgas. Os Egos bem alimentados levam-nos ao caos, muitas fazes fazendo-nos crer que tudo está bem.
Imagem de perfil

De Pântano a 10.04.2018 às 11:15

É tudo muito incerto.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

Aviso

Não consigo responder às mensagens. Se pretenderem uma resposta, comentem nos "comentários" dentro da publicação. Obrigada por acompanharem este blog!




Arquivo

  1. 2018
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ