Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



22
Ago18

Não nasci para ser escrava!

por Pântano

  Há sete anos que sou trabalhadora e descobri desde cedo que não suporto ser funcionária, empregada. Tenho de ser a minha própria patroa. Essa é a luta da minha vida. Reparo que há quem não goste dos empregos mas toleram. Eu não. Sinto-me mal! Odeio! Parece que uma parte de mim morre sempre que chego ao trabalho. Começo a sentir-me subitamente muito cansada, as pernas pesam chumbo, os olhos também. Começo a transpirar e a cabeça a latejar. E o meu humor azeda radicalmente. Saio do emprego, volto ao normal. É um estado de desespero que custa explicar! Mas já fui a minha patroa e continuo a ser em part time (apesar de não render grande dinheiro)e posso trabalhar o dia inteiro e longe de me sentir de tal forma. Sou mimada? Esquisita? Seletiva? O quê? Não gosto de receber ordens! Quero fazer as coisas à minha maneira e ao meu ritmo sem ter um idiota a chagar-me ao ouvido e colegas de trabalho ranhosos e conflituosos. Sim, esta é a minha luta.

Fim

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De a tótó a 22.08.2018 às 10:44

Partilhamos o mesmo sentimento. Já viste o meu post de hoje?
Imagem de perfil

De Pântano a 22.08.2018 às 10:50

Fui agora espreitar. Parece que estamos em sintonia. Que frete!
Imagem de perfil

De P. P. a 22.08.2018 às 23:01

Infelizmente, nos nossos dias, o companheirismo deixou de existir.
Imagem de perfil

De Pântano a 24.08.2018 às 11:51

Zero. É passar uns por cima dos outros.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

Aviso

Não consigo responder às mensagens. Se pretenderem uma resposta, comentem nos "comentários" dentro da publicação. Obrigada por acompanharem este blog!




Arquivo

  1. 2018
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ