Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



04
Abr18

Fama, glamour e obsessão

por Pântano

 Certamente muitas pessoas já pensaram, nem que tenha sido apenas por uns escassos momentos, como seria a vida se fossem famosos. Sermos reconhecidos pelo nosso trabalho é satisfatório e essa ideia da fama é aliciante. Os olhos do mundo postos em nós. Vivermos com dinheiro, envoltos em luxo e saber que há quem deseje ser como nós deve satisfazer o ego. Tornamo-nos um ídolo, um símbolo, um modelo a seguir. Mas ao mesmo tempo que há pessoas que nos idolatram, outras invejam ou vêm em nós um decente ganha-pão. Muitos famosos de diversas áreas deixam de ter vida privada pois há sempre alguém a seguir os seus passos, há muitos olhos a segui-los há espera que algo aconteça. Um pequeno deslize talvez, para depois ser vendido aos meios de comunicação social. E será realmente verdade tudo aquilo que se diz? Algo aconteceu ou foi dado a entender que aconteceu? Chega a um ponto em que a vida de alguém bem-sucedido acaba por tornar-se um inferno pois a privacidade é algo fundamental. Ninguém gostará de ver a sua vida exposta constantemente nas revistas, internet e afins, principalmente sabendo que não contém toda a verdade e mesmo que contivesse, não tem o direito de ser exposta assim. Os famosos têm direito à privacidade, são os fãs que os fazem mas tem de haver um limite e entender que aquelas pessoas não são fantoches mas continuam a ser humanos e que assim como todos os outros, comem, dormem e vão à casa de banho. Que por mais que gostem do seu trabalho, sair de casa com medo de serem apanhados a fazerem algo embaraçoso, que alguém os reconheça, torna-se saturante. Não admira que haja quem se vá abaixo, e se isso acontecer, ai sim, levaram as pessoas à loucura e ainda assim, sem vergonha, toda a sua quebra vai estar também anunciada em todo o lado. Mas são as pessoas ditas comuns que permitem que isso aconteça, parece haver uma certa satisfação em saber a vida dos outros. E é como se já estivesse estabelecido que a partir do momento em que alguém se torna uma figura pública, até o nome indica, passasse a pertencer a todos e deixasse de ter o direito à privacidade. Por mais satisfatório que possa ser brincar com a vida das pessoas, tal não deveria acontecer. Existe para isso, um jogo chamado “The Sims”.

 Fim

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De C.S. a 04.04.2018 às 18:55

Há pessoas que são criticadas por tudo. Deve ser horrível e deve, de certa forma, limitá-las bastante.
Imagem de perfil

De Pântano a 04.04.2018 às 19:07

É verdade, às tantas não podem dar um pum que logo de seguida gera noticia. Mudei um pouco o conteúdo do canal, espero que continues a gostar :)
Imagem de perfil

De P. P. a 04.04.2018 às 21:36

Concordo.
Por vezes, sinto saudades dos tempos em que queria ser famoso. Em princípio, ao concluir o curso, faria outro numa escola de atores e até tinha algumas portas abertas para as novelas. Só que, ao entrar no mercado de trabalho, o meu grupo de ensino estava cheio e tive que sacrificar muito da minha vida. Tanto que, volvidos 20 anos, sou efetivo a 170km de casa...
Esse lado da fama em nada me seduz. E os que vivem ao alimentar escândalos para as revistas?
Não.
No entanto, na minha profissão, considero que há muita inveja, sobretudo desde que instauraram a figura do diretor e um modelo de avaliação acessível a quem saiba lamber botas.
Imagem de perfil

De Pântano a 04.04.2018 às 21:52

No final, viver realmente é um desafio para todos. Resumindo, temos de gostar minimamente do que fazemos para suportar as consequências.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

Aviso

Não consigo responder às mensagens. Se pretenderem uma resposta, comentem nos "comentários" dentro da publicação. Obrigada por acompanharem este blog!



Arquivo

  1. 2018
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ