Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



  Sem dúvida que o Benjamin Button do Scott Fitzgerald é uma pessoa peculiar. Ter o ciclo de vida oposto dos demais é obra. Não são todos os que nascem e que a partir dai, rejuvenescem. É uma história interessante exatamente por isso, porque evoca a tal questão do "E se fosse ao contrário?" Seria a passagem do tempo mais agradável ou seria a infância, neste caso, vista simplesmente como a fase terminal?

Fim

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

Aviso

Não consigo responder às mensagens. Se pretenderem uma resposta, comentem nos "comentários" dentro da publicação. Obrigada por acompanharem este blog!




Arquivo

  1. 2018
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ