Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



18
Abr18

Amizade intergalática

por Pântano

 Revi recentemente o filme de animação “Lilo e stitch” da Disney e tenho que o comentar devido à igualdade de beleza e tristeza que a história contém.

 A base de toda a história acaba por ser a solidão. A solidão de duas irmãs que perderam os pais demasiado novas. O desespero da mais velha em conseguir sustento e de se ver de repente no papel de mãe. E o desamparo e solidão que a mais nova sente. As suas vidas são complicadas, principalmente com um assistente social sempre à perna, à espera de um pequeno deslize para retirar a Lilo, irmã mais nova, da custódia da mais velha. Elas não estão em sintonia. A mais velha dá o seu melhor enquanto a pequena se sente incompreendida e sozinha, sem amigos que saibam lidar com a sua personalidade irreverente.

 Aqui entra o Stitch, também conhecido como experiência 626. É o resultado de uma experiência genética e maléfica. A sua essência é fazer o mal e causar o caos e a destruição. A dada altura foge e vai parar acidentalmente ao planeta terra e é aqui que é confundido com um cão feio e estranho e é adotado pelas duas irmãs.

 É uma história sobre solidão mas também de amizade que me fez refletir na importância de construir uma, porque no fundo todos precisamos de ter alguém do nosso lado incondicionalmente. Que nos ouça, respeite e goste da nossa companhia de maneira a que não nos sintamos sozinhos e perdidos neste vasto universo.

 E assim termino com uma grande frase do filme:

 “Ohana quer dizer família, e na família ninguém é deixado para trás.”

Fim   

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

Aviso

Não consigo responder às mensagens. Se pretenderem uma resposta, comentem nos "comentários" dentro da publicação. Obrigada por acompanharem este blog!



Arquivo

  1. 2018
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ