Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Conversa alheia. O velhote estava orgulhoso do pai, há muito morto. Ele, o pai, escrevia. Tinha diários. Escrevia cartas dedicadas. O filho, velhote, lia uma carta do pai aos compinchas. Lia num telemóvel. Os outros pareciam interessados.

 

Fim

27
Mai20

Não caibo debaixo da cama

por Pântano

Adormeci com os cães dos vizinhos a ladrar, acordei com uma máquina de cortar ervas daninhas. As gatas, assustadas, escondem-se debaixo da cama. Eu não caibo lá.

 

Fim

Sol. Rio. Arregacei as calças, molhei os pés. Li mais umas frases do livro. O banquete, Platão. Não percebo metade. Percebo a outra metade, acho. Gosto de Sócrates. Gostava que estivesse a meu lado, com os pés na água, como eu, e me dissesse o que é para ele um dia bom.

Fim

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

Aviso

Não consigo responder às mensagens. Se pretenderem uma resposta, comentem nos "comentários" dentro da publicação. Obrigada por acompanharem este blog!

Links

  •  


  • subscrever feeds


    Arquivo

    1. 2020
    2. JAN
    3. FEV
    4. MAR
    5. ABR
    6. MAI
    7. JUN
    8. JUL
    9. AGO
    10. SET
    11. OUT
    12. NOV
    13. DEZ
    14. 2019
    15. JAN
    16. FEV
    17. MAR
    18. ABR
    19. MAI
    20. JUN
    21. JUL
    22. AGO
    23. SET
    24. OUT
    25. NOV
    26. DEZ
    27. 2018
    28. JAN
    29. FEV
    30. MAR
    31. ABR
    32. MAI
    33. JUN
    34. JUL
    35. AGO
    36. SET
    37. OUT
    38. NOV
    39. DEZ