Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



30
Set18

Pingo nas barbas

por Pântano

  As minhas gatas têm tanto de adoráveis como de tolas (no bom sentido). Só lhes falta falar. Podia partilhar inúmeros exemplos que vos iam certamente fazer rir mas vou apenas partilhar um que estou agora a presenciar. Uma das minhas gatas tem todo um ritual para beber água. Aproxima-se, cheira-a, enfia lá a pata para ver a profundidade (digo eu), depois sacode-a e começa a beber sempre com o pescoço esticado para chegar ao canto superior esquerdo da taça. Depois de beber fica sempre com um enorme pingo de água pendurado nas barbas. É cómico! E aqui está ela, a olhar para mim com os seus enormes olhos verduscos com o enorme pingo nas barbas.

Fim

Autoria e outros dados (tags, etc)

28
Set18

Devaneio libertino

por Pântano

  A liberdade é um termo estranho. O que é afinal a liberdade? Nunca somos realmente livres mas valerá a pena ser? Talvez dependa da sua definição. Fui ver ao dicionário. Estado ou particularidade de quem é livre; característica da pessoa que não se submete. Direito que qualquer cidadão tem de agir sem coerção ou impedimento, segundo a sua vontade, desde que dentro dos limites da lei. Capacidade própria do ser humano escolher de forma autónoma, segundo motivos definidos pela sua consciência. Apesar das definições base, creio que também se define dependendo de individuo. Há aqueles que estando presos se sentem livres e aqueles que livres se sentem presos. Há aqueles que não a procuram e a têm e os que a procuram e não a têm. Há os que sempre viveram em liberdade e os que nunca a conheceram. Todos temos prisões. Filhos, animais, problemas financeiros, enfim, o prato do dia que todos conhecemos mas e se a verdadeira liberdade reside no caos? Como a flor de lotus que apesar de envolta de lodo, consegue conservar a sua beleza e vivacidade?

Fim

Autoria e outros dados (tags, etc)

 Por que é que me estou a forçar a fazer algo que na verdade não quero do fundo do coração? Porque é o que a sociedade me diz para fazer. Olho à minha volta e as pessoas da minha idade já vão nos mestrados, já são enfermeiros, médicos, psicólogos, alguma coisa! E eu sem nenhuma formação superior. Sempre soube que o meu caminho não seria universitário. Há anos atrás inscrevi-me, fiz um ano e sai. E desta vez inscrevi-me (depois de muita birra), fiz dois dias de aulas e sai. Há qualquer coisa no ensino universitário que não me satisfaz. Mas, e agora? Que faz uma jovem sem formação neste mundo? Não quero saber! Eu sou uma filha da disney, sou uma sonhadora, ouço o coração, vou pelo caminho que quero e não pelo que me obrigam! Há anos atrás desisti da universidade e fui explorar o mundo do yoga. Correu bem, desde então a dar aulas e a explorar esse mundo. E agora vou fazer uma pausa. Uma pausa de tudo, da minha rotina. Destruí tudo o que criei até agora para poder estar livre para explorar um novo mundo, que desta vez vai ser o da meditação. Fascina-me este tema. Tenho apenas umas notas no bolso (para cigarros e bilhar) e um curso de meditação agendado. Quero conhecer várias escolas, vários métodos, percorrer os refúgios meditativos de Portugal. Não será fácil estando pobretanas mas veremos "Ouve o coração e vais entender". Eu ouvi-o, estou a seguir a direção que me indicou. Por favor não me deixes mal. Que venha a primavera da vida que nunca tive.

Fim

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/6



Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

Aviso

Não consigo responder às mensagens. Se pretenderem uma resposta, comentem nos "comentários" dentro da publicação. Obrigada por acompanharem este blog!



subscrever feeds


Arquivo

  1. 2018
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ